Como prevenir seu pet do barulho de fogos de artifício?

Proporcionar um ambiente tranquilo e seguro ajuda a minimizar o desconforto causado por barulhos altos

Com as festas de fim de ano se aproximando, é natural, para quem tem pets, se preocupar com o bem-estar deles, uma vez que as explosões de luz e som podem se transformar em momentos de angústia e desconforto para os bichinhos.

Por essa razão, em épocas festivas e eventos comemorativos com espetáculos de fogos de artifício, devemos nos preocupar em preparar um ambiente seguro que irá prevenir o estresse e preservar a saúde emocional dos pets. Para isso, é possível adotar estratégias cuidadosas para proteger nossos companheiros peludos, assim como oferecer não apenas caminhas para cachorro confortáveis, mas também soluções eficazes para tornar esses momentos festivos menos impactantes para eles. 

Por que barulhos altos afetam os cães?

Os cães são dotados de uma audição excepcionalmente aguçada e possuem bastante sensibilidade a estímulos sonoros. Dessa forma, os barulhos altos podem provocar desconforto e ansiedade em muitos deles, já que a capacidade auditiva dos cães é significativamente superior à dos humanos. Isso permite que percebam frequências sonoras mais elevadas e sons em um espectro mais amplo.

Segundo a explicação dos médicos veterinários, a anatomia do ouvido canino possui o tímpano e vários ossículos responsáveis por enviar sinais ao nervo auditivo quando ocorre uma vibração. Assim, quanto mais alto for o som, mais incômodo irá causar, uma vez que a intensidade do barulho pode ser fisicamente dolorosa, pois os ouvidos deles são mais sensíveis.

Além disso, o instinto natural de preservação desses animais os torna particularmente alertas a sons repentinos e altos, associando-os muitas vezes a situações de perigo. Entretanto, a ansiedade gerada por ruídos elevados também pode estar relacionada à incapacidade dos cães de compreender a origem do som. Logo, os sons altos e abruptos podem desencadear:

  • reações de medo;
  • tremores;
  • latidos excessivos;
  • tentativas de fuga;
  • agressividade.

Portanto, eventos como fogos de artifício, trovões, aspiradores de pó e outros ruídos domésticos podem afetar drasticamente o bem-estar emocional dos pets. Assim, compreender a sensibilidade auditiva dos cães e adotar medidas para minimizar o impacto de barulhos intensos contribui não apenas para o conforto desses animais de estimação, mas também para a promoção de um ambiente mais calmo e saudável para eles.

Estratégias para prevenir o estresse de fogos de artifício em animais de estimação

Cada animal é único, e as estratégias que funcionam para um podem não ser tão eficazes para outro. Sendo assim, é necessário observar as reações do seu pet, ajustando as abordagens conforme a reação dele. O importante é ter em mente que, ao adotar medidas preventivas, estará contribuindo para a saúde mental e o bem-estar dos seus animais de estimação durante situações estressantes como fogos de artifício.

Crie um ambiente seguro em casa

Escolha um local dentro de casa onde o animal se sinta seguro e confortável. Pode ser um cômodo acolchoado, uma área sem janelas ou até mesmo um espaço com a caminha dele.

Use música ou ruído branco

Coloque uma música suave ou ruído branco para abafar os sons dos fogos de artifício. Esses sons têm efeito relaxante, o que pode ajudar a distrair o pet e minimizar o impacto do barulho.

Treine gradualmente com gravações de fogos

Exponha gradualmente o animal a gravações de sons de fogos de artifício em volumes baixos. Ao fazer isso, reforce os comportamentos calmos com recompensas, criando uma associação positiva com os ruídos.

Considere coletes de pressão (Thundershirts)

Já ouviu falar sobre o Thundershirt? Eles são coletes de pressão, que proporcionam um efeito calmante nos animais devido à leve pressão que é aplicada, semelhante a um abraço.

Medicamentos prescritos por um veterinário

Consulte um veterinário para discutir a possibilidade de medicamentos prescritos que podem ajudar a acalmar o pet durante eventos barulhentos. Existem opções que não sedam completamente o seu amigo de quatro patas, mas aliviam a ansiedade.

Antecipe os fogos de artifício

Evite os locais que envolvam fogos de artifício e planeje com antecedência ir para um lugar calmo nas festas de final de ano. Mesmo em cidades pacatas, lembre-se de preparar o ambiente a fim de deixá-lo seguro para o seu bichinho ficar antes do dos ruídos começarem.

Agir com empatia e paciência

Esteja ciente dos sinais de estresse no seu pet e respeite o tempo necessário para que ele se acostume com as estratégias de prevenção. Nesse momento, manter a paciência é crucial para ajudá-lo a se sentir seguro.

Recompense o comportamento calmo

Reforce positivamente os comportamentos calmos e relaxados durante e após os eventos barulhentos. Ofereça petiscos, carinho e atenção para criar uma associação positiva.

Matéria anterior
Rayssa Leal: conheça mais sobre a história da fadinha do skate
Próxima matéria
Sensitiva Vó Bahiana faz revelações para Ana Hickmann e Alexandre Correa

Mais do É Pop

Menu