Mc Carol lança álbum “Bandida”, ouça!

A polêmica Mc Carol, que ganhou destaque na mídia após fazer parte do reality show sobre funk da FOX, acaba de lançar seu novo álbum.

Ouça agora no Spotify. Clique aqui!
mccarol
Dois mil e dezesseis foi um ano de transformações para MC Carol. Em março, junto da rapper Karol Conka, ela quebrou a internet pela primeira vez, com sua eletrizante apresentação no Lollapalooza. Em julho, a funkeira lançou a canção politizada “Delação Premiada” e a internet foi à loucura. Em outubro, ela oficializou a parceria com Conka na música “100% Feminista”, que já possui 1 milhão de plays no YouTube. Agora, MC Carol coroa o ano com seu disco de estreia, “Bandida”, produzido por Leo Justi e já disponível nas principais plataformas de streaming.

Não faltam motivos para considerar MC Carol um dos nomes mais promissores e instigantes do funk atualmente. Tímida na vida pessoal, MC Carol se revela em frente às câmeras e no palco: sua irreverência, humildade e simpatia foram a base pra Carol ganhar fãs por todo o país.

O nome do álbum remete a como ela era conhecida no começo da carreira. Mas até o termo ganha outro significado aqui: Bandida porque, acima de tudo, não se adapta a nenhuma lei ou regra que paute a construção de carreira de um Artista pop (no caso dela, com “A” maiúsculo mesmo). Porque se permite crescer, evoluir, debater, provocar… Sentir em público. No mesmo álbum, Carol abraça o seu tempo e o seu meio em seu constante processo de transformação, trazendo a dualidade de ser “100% Feminista”, um novo hino para a causa, e de ser “Amante do Seu Marido”. De se vingar de alguém tentando dar um “Boa Noite Cinderela”, e até questionando as diferenças de tratamento para suspeitos ou criminosos de acordo com a condição social e sua cor de pele em “Delação Premiada”.

O álbum mescla funks divertidos, que foram a base de seu sucesso, como “Jorginho me empresta a 12”, e canções de protesto e com conteúdo político, como “Não foi Cabral” e os singles já lançados. Além disso, inclui ainda as músicas conhecidas do público dos shows, como “O amor acabou”.

O álbum surgiu do encontro da MC e Leo Justi. O conceituado produtor trouxe batidas de trap e de funk, que fizeram sua fama, junto da crueza autêntica de colaboradores antigos da Carol, músicos de comunidade. Esse encontro marca uma busca por mais profissionalização e pela consolidação de MC Carol como artista e voz única em âmbito nacional.

Versando sobre a vida no morro em suas diversas facetas, das histórias divertidas às violentas, a MC se destaca por se posicionar publicamente sobre feminismo, padrões estéticos e violência policial. Crescendo, evoluindo, se reinventando sem medo de suas próprias contradições e sem esquecer que ela ainda é a Carol Bandida, chegando com uma mensagem urgente e importante. Seja ela um grito por justiça ou um grito por diversão.

O álbum é um lançamento do selo Heavy Baile Sounds, criado recentemente por Leo Justi em parceria com a Ubuntu Produções. “Bandida” já está disponível em todos os meios de música digital.

Ela cresceu. Prazer, ela é a Carol Bandida.

Matéria anterior
Allisson Rodrigues leva público ao delírio em show no Terra Country
Próxima matéria
Daniel lança álbum de músicas inéditas

Mais do É Pop

Menu