Atemporal em alta para ambientações exclusivas

Com essência na aposta no uso consciente de mobiliário e decorativos, a temática inspira profissionais da cidade

Sala íntima da mostra CASACOR ( DINO )

Brasília, 31/10/2017 –

As soluções atemporais não poderiam ficar de fora da mostra CASACOR Brasília, que tem como tema em 2017 o foco no essencial. Com essência na aposta no uso consciente de mobiliário e decorativos, a temática inspira profissionais da cidade, sempre antenados com possibilidades que vão na contramão do desperdício e que podem, por sua beleza, qualidade e design, compor durante muitos anos uma composição exclusiva.

Em um dos mais movimentados espaços da exposição já podemos comprovar que o uso de peças atemporais não só é uma tendência, como é também um estilo único. Couro, pedras naturais, madeira e tapeçaria estão entre as escolhas dos profissionais do MAAI Arquitetos Associados, que assinam o Spazio Natuzzi. A iluminação indireta e composições intimistas revelam um espaço que há muito inspira as residências do brasiliense, sempre de portas abertas para receber com estilo. De forma repaginada Arnaldo Pinho, Mônica Pinto e Isabel Veiga colocam poltronas em diferentes tonalidades de couro dispersas por todo o amplo ambiente de recepção. Todo o espaço conta com pequenos ambientes integrados e em comum todos têm o mais tradicional elemento da decoração, o couro, revestindo um mobiliário de design exclusivo fabricado por quem entende do assunto, a Natuzzi Italia.

No mesmo ambiente, uma segunda e sempre em alta inspiração: o uso de pedras naturais para decorar. O granito Verde Pavão Bruto ocupa não só o piso do espaço, como também a bancada, em uma continuidade leve e despretensiosa que surpreende, impressiona e encanta o visitante do evento. Solução do catálogo da Marmoraria Multipedras, o granito é uma das escolhas mais certas para quem quer apostar em durabilidade, qualidade e beleza. Com soluções como essas, é possível ter um ambiente sempre atual, sem precisar apostar em grandes reformas enquanto ele existir.

Quem também assina um espaço com características de atemporalidade é a designer Paloma Ávila, que une em sua proposta, a Sala Íntima da mostra, escolhas clássicas como a madeira, presente em painel, bancos e estrutura de poltronas. Em tom natural, a solução, além de elegante e sofisticada, confere ao espaço um toque diferenciado e cheio de personalidade, potencializado por projeto luminotécnico que evidencia a beleza de cada escolha de forma sutil e também cênica, tendo como objetivo principal proporcionar conforto ao seu usuário.

Compondo com a madeira, uma escolha é destaque no espaço: o uso de fotografias: Na verdade, uma fotografia fracionada em 77 partes. O novo olhar sobre o tradicional uso de fotografias para decorar é uma das revelações do espaço. A obra de Kazuo Okubo foi produzida através da técnica de impressão em matacrilato, em altíssima resolução, realizada diretamente no acrílico pela Moldura Minuto Lago Sul. A designer explica “as obras de arte trazem à tona a capacidade contemplativa e reflexiva do ser humano”.

Menu