Trailer de “Irmã Dulce”, filme de Vicente Amorim, é liberado na internet

O LONGA, QUE ESTREIA EM NOVEMBRO, É PRODUZIDO PELA MIGDAL FILMES,
DISTRIBUÍDO PELA DOWNTOWN FILMES E PARIS FILMES E TEM COPRODUÇÃO
DA GLOBO FILMES, DA PARAMOUNT E DO TELECINE

“Tudo seria melhor se houvesse mais amor”. Essa frase encerra o trailer de “Irmã Dulce”, de
Vicente Amorim, filme estrelado pelas atrizes Bianca Comparato e Regina Braga e que chega
aos cinemas de todo o país em novembro. O trailer (http://youtu.be/wi-mg_m5P24) com as
primeiras imagens da cinebiografia traz uma prévia do longa-metragem sobre a mulher que,
guiada pela fé, dedicou sua vida aos mais necessitados e mudou o rumo da história, sendo
venerada por milhões de brasileiros. O trailer chega aos cinemas no dia 2 de outubro.
Rodado totalmente em Salvador, o filme do premiado diretor Vicente Amorim (“Um Homem
Bom”, “Corações Sujos”, “2000 Nordestes”, “Caminho das Nuvens”) conta com produção de
Iafa Britz (“Minha Mãe é uma Peça, “Nosso Lar” e “Se eu fosse você”), da Migdal Filmes,
coprodução da Globo Filmes, Paramount e Telecine e distribuição da Downtown Filmes e Paris
Filmes. O longa mostra a trajetória da freira baiana que tendo como ferramentas a
determinação e o amor, construiu uma obra social sem igual no país, com creches, hospitais e
centros educacionais.
Bianca vive Dulce na juventude – período em que seu ativismo social e sua luta pelos
miseráveis crescem em meio ao preconceito e à desconfiança da sociedade. Já a consagrada
Regina Braga vive Irmã Dulce a partir da maturidade, quando, embora já admirada por suas
ações, continua a enfrentar resistência à sua forma de atuar, inclusive dentro da própria
Igreja. O elenco conta ainda com Gracindo Junior, Glória Pires, Irene Ravache, Zezé Polessa,
Malu Valle, Luiz Carlos Vasconcelos e Fábio Lago.
Com um perfil de uma mulher quase subversiva na sua ação, capaz de quebrar paradigmas pelo
seu amor ao outro, Irmã Dulce lutou contra todo tipo de preconceito. Foi beatificada em 2011
e segue o processo de canonização que pode torná-la a primeira santa brasileira. Mas, na terra
de Todos os Santos, ela cruzou as fronteiras religiosas, sendo respeitada e venerada por toda a
população. Suas ações e capacidade de mobilização impactaram gerações, a despeito de
credos ou mesmo da falta deles. Em 1988 foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz por seu trabalho
incansável às populações carentes.

Sinopse
“Irmã Dulce” conta a emocionante história da mulher que, indicada ao Nobel, chamada em
vida de “Anjo Bom da Bahia” e beatificada pela Igreja, nunca se importou com títulos. A
história de uma mulher cujo único objetivo era confortar os necessitados, cuidar dos doentes,
amparar os miseráveis – a qualquer custo, com a ajuda de quem fosse. Capaz de atravessar
Salvador de madrugada para dar colo a um menino de rua ou de pedir verba a um político em
pleno palanque, Irmã Dulce enfrentou inimigos externos – o preconceito, o machismo, os
dogmas – e um interno: uma doença respiratória incurável. Passou por eles com obstinação,
alegria, amor e fé e construiu uma obra que, até hoje, só cresce, como cresce a devoção por
ela. O filme Irmã Dulce conta de forma verdadeira e emocionante a história de uma mulher
que reúne três das nossas qualidades definidoras como brasileiros: fé, alegria e obstinação.

Elenco
Bianca Comparato / Regina Braga – Irmã Dulce
Sophia Brachmans – Irmã Dulce Criança
Lisandro Oliveira – João Criança
Amaurih Oliveira- João
Patrícia Oliveira / Zeca de Abreu – Irmã Emília
Alice Assef – Dulcinha
Malu Valle – Madre fausta
Caco Monteiro – Prefeito
Maria Salvadora – Mãe de Santo
Ícaro Vila Nova – Neco adolescente
Aicha Marques – Tia Madaleninha
Agnaldo Lopes – Dinael
Luiz Carlos Vasconcelos – Dom Eugênio Salles
Participações especiais:
Irene Ravache – Madre Provincial
Fábio Lago – Neco
Glória Pires – Mãe de Dulce
Atriz/Ator convidado
Gracindo Junior – Dr. Augusto
Zezé Polessa – Dulcinha (irmã de Irmã Dulce)
Marcelo Flores – Arduino
Renato Prieto – Repórter
Ficha técnica
Direção: Vicente Amorim
Produtora: Iafa Britz
Diretor de Fotografia: Gustavo Hadba
Direção de Arte: Daniel Flaksman
Figurino: Cristina Kangussu
Roteiro: L.G. Bayão e Anna Muylaert
Produtor Associado – Marcos Frota
Produtora Executiva: Camila Medina

Migdal Filmes
Produtora de conteúdo diversificado, a Migdal Filmes produziu e lançou nos cinemas: “Nosso
Lar”, (4 milhões de espectadores); “Totalmente Inocentes”, primeiro filme lançado 100%
digital que esteve entre as melhores comédias no ano de seu lançamento; e “Minha Mãe é Uma
Peça” – a maior bilheteria de 2013 com R$ 4,6 milhões de espectadores.
Os próximos lançamentos da produtora incluem o documentário musical “Cássia”, sobre a
cantora Cássia Eller, o longa-metragem “Casa Grande”, ganhador de três prêmios do festival
de Toulouse, e a emblemática história do anjo bom da Bahia, “Irmã Dulce”.
Para televisão, produziu o sucesso de público “220 Volts” (4 temporadas), o “Fantástico Mundo
De Gregório”, eleito um dos melhores programas de 2012 de TV pelo O Globo, e a série “De
Volta Pra Pista” estrelada por Dani Valente; e o reality “Paulo Gustavo Na Estrada”, todos
exibidos no Multishow. Em breve lançará “Alucinadas”, série derivada da peça homônima. Já
no GNT, a produtora realizou as duas temporadas da série “As Canalhas”, baseada na obra de
Martha Mendonça, e no canal VH1, lançou a série de documentários “Musica.Doc”, que ganhará
em breve a sua segunda temporada.
Iafa participou, também, do lançamento do livro “Film Business: o Negócio do Cinema”, no qual
faz um panorama sobre o mercado audiovisual. Em 2010, a produtora foi indicada pelo jornal O
Globo para o prêmio “Faz Diferença 2010”.

Downtown Filmes
Fundada em 2006 por Bruno Wainer, que tem em seu currículo a distribuição de alguns dos
maiores sucessos do cinema brasileiro, entre os quais “Olga”, “Os Normais”, “Central do
Brasil” e “Cidade de Deus”, a Downtown Filmes especializou-se a partir de 2008 na
distribuição exclusiva de filmes brasileiros. Isso garantiu à empresa o lançamento de
importantes títulos, entre eles: “Meu Nome Não é Johnny”, “Divã”, “Chico Xavier”, “De Pernas
pro Ar” e “Minha Mãe é uma Peça”.
Em 2011 foi responsável pela distribuição dos dois maiores sucessos do ano: as comédias De
Pernas pro Ar e Cilada.com, que juntos venderam mais de 6,6 milhões de ingressos. Outro
lançamento importante foi o documentário “Lixo Extraordinário”, indicado ao Oscar neste
mesmo ano.
Em 2013, a distribuidora lançou dois grandes sucessos: “De Pernas pro Ar 2”, que ultrapassou a
marca de 4,8 milhões de espectadores e “Minha Mãe é uma Peça”, com mais de 4,6 milhões de
ingressos vendidos. Desde sua fundação em 2006 até março de 2014 a Downtown Filmes
acumulou mais de 50 milhões de ingressos com o lançamento de 60 filmes, o que a elevou a
categoria de principal distribuidora de filmes nacionais no país.

Paris Filmes
A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição, produção e
exibição de filmes. A companhia está alicerçada em uma estrutura independente, onde a
qualidade de seus produtos e o respeito com que se trabalha são elementos indispensáveis.
Unidos, esses fatores fizeram e fazem da empresa hoje, uma das mais respeitadas e
tradicionais distribuidoras do país.
A partir de 2011, a empresa passou a atuar também na produção de filmes brasileiros. O
investimento foi um novo desafio que deu certo, desde sua primeira aposta, com o longametragem
“De Pernas Pro Ar”, do diretor Roberto Santucci. Atualmente, onze filmes já foram
produzidos pela companhia, entre eles: “E Aí Comeu”, “Cilada.com” e “Minha Mãe É Uma Peça
– o filme”.
Em 2009 a companhia conseguiu firmar seu espaço no mercado se tornando líder dentre as
distribuidoras nacionais ao apoiar grandes e pequenas produções, nacionais e internacionais,
dentre elas o fenômeno “A Saga Crepúsculo”. Em 2011, fechou o ano como a maior
distribuidora independente e a 3ª maior em participação de market share. E no ano seguinte,
confirmou seu espaço ao conquistar o 1º lugar em Market Share dentre todas as distribuidoras,
majors e independentes, além de distribuir grandes sucessos como o filme brasileiro com maior
número de bilheteria no ano, ‘Até que a Sorte Nos Separe’, do diretor Roberto Santucci. Neste
mesmo ano, a Paris Filmes lançou a nova franquia cinematográfica “Jogos Vorazes”, além de
distribuir os premiados: “O Artista”, “A Dama de Ferro” e “Meia-Noite em Paris”.
Agora, a Paris Filmes está seguindo sua trajetória de sucesso em 2013. É da distribuidora os
dois maiores filmes nacionais até aqui, “De Pernas Pro Ar 2” e “Minha Mãe É Uma Peça”, que
por conta de seu sucesso já tem uma sequência encomendada. E a previsão é de mais
bilheteria com “Crô”, de Bruno Barreto e “Meu Passado me Condena”, de Júlia Rezende e
produção de Mariza Leão. Para os títulos internacionais, a previsão também é ótima. Depois
de sucessos como “Truque de Mestre” e “O Lado Bom da Vida”, as grandes produções até o
final do ano incluem: “O Lobo de Wall Street”, de Martin Scorsese; “Rota de Fuga”, com
Arnold Schwarzenegger e Sylvester Stallone; “Enders Game”, de Gavin Hood; além das sagas
“Instrumentos Mortais”, de Harald Zwart e o segundo filme da franquia “Jogos Vorazes – Em
Chamas”, de Francis Lawrence.

Globo Filmes
Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 140 filmes, levando ao público o que há
de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria
audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis,
romances, dramas e aventuras, apostando em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo
Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como “Tropa de Elite
2”, “Se Eu Fosse Você 2”, “2 Filhos de Francisco”, “O Palhaço”, “Xingu”, “Carandiru”, “Nosso
Lar” e “Cidade de Deus” – com quatro indicações ao Oscar. Suas atividades se baseiam em uma
associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e
internacionais.

Paramount
A Paramount Pictures Corporation (PPC), uma produtora e distribuidora global de
entretenimento filmado, é uma unidade da Viacom (NASDAQ: VIAB, VIA), uma companhia de
conteúdo líder com marcas famosas e respeitadas de entretenimento para o cinema, televisão
e em formato digital. A Paramount controla uma série das mais poderosas marcas de
entretenimento filmado incluindo a Paramount Pictures, Paramount Animation, Paramount
Vantage, Paramount Classics, Insurge Pictures, MTV Films e a Nickelodeon Movies. As
operações da PPC também incluem a Paramount Home Media Distribution, Paramount Pictures
International, Paramount Licensing Inc. e o Paramount Studio Group.

Telecine
Em 2012, a Rede Telecine completou 21 anos de sucesso levando o melhor do cinema mundial
para os brasileiros. Joint-venture entre a Globosat e os quatro maiores estúdios de Hollywood –
Paramount, MGM, Universal e Fox –, também exibe com exclusividade as produções da Disney e
da DreamWorks, além de sucessos do mercado independente. Visando investir cada vez mais na
produção cinematográfica nacional, a Rede Telecine lançou em 2008 o Telecine Productions. O
selo garante a coprodução de títulos em parceria com grandes produtoras brasileiras,
estimulando a criação de novos filmes e garantindo sua exibição com exclusividade nos canais
da Rede. A Rede Telecine é líder absoluta entre os canais de filmes da TV por assinatura. Em
2012, pelo sexto ano consecutivo, exibiu o filme mais assistido na TV paga brasileira. Com o
menor índice de repetição e os maiores e mais recentes longas do mercado brasileiro, o
Telecine reúne em sua grade 17 das 20 maiores bilheterias do cinema em 2011. Nos últimos 20
anos, estreou com exclusividade 13 vencedores do Oscar de Melhor Filme.

Matéria anterior
Thalles Roberto disponibiliza faixa a faixa do CD e DVD #ID3
Próxima matéria
18 truques absurdamente simples que vão salvar sua casa da eterna bagunça

Mais do É Pop

Menu