Campeão mundial de Jiu-jitsu, Marcelo Gonçalves da Silva começou a treinar aos 40 anos

Mais conhecido como Marcelo Queixo, o atleta dá aulas gratuitas em projeto social para crianças na Cohab

Campeão mundial de Jiu-jitsu na faixa preta, Marcelo Gonçalves da Silva, mais conhecido como Marcelo Queixo, começou a treinar a arte marcial em 2012, aos 40 anos, mas isso não o impediu de se destacar.

O lutador tinha um certo preconceito sobre o jiu-jitsu, mas ao iniciar, rapidamente se apaixonou pela luta ” É um esporte apaixonante, onde você se desenvolve fisicamente e mentelmente, além de fazer amizades sólidas”, disse Marcelo.

Neste último final de semana, Marcelo Queixo sagrou-se campeão Mundial de Jiu-Jitsu, da CBJJE, campeonato realizado no Ginásio Mauro Pinheiro em São Paulo.

O atleta treinou da faixa branca até a preta na Equipe Power Lotus, do Mestre Rodrigo Sama. Em 2020, período de início da pandemia, passou a treinar também na equipe Cohab Team.

Em Junho de 2022, começou a dar aulas de Jiu Jitsu no Projeto Social FelfaSP, que fica no Jd. Sapopemba em São Mateus, zona leste de São Paulo, atendendo  crianças e adolescentes que moram na região.

” Realizamos com as crianças um trabalho, aonde é ensinado HIERARQUIA,  RESPEITO e COMPROMETIMENTO e toda filosofia da arte marcial”, finaliza.

Matéria anterior
Andressa Devillo estreia como repórter no Agito na TV na festa do ator Simone Susinna
Próxima matéria
A importância do planejamento estratégico para clínicas veterinárias

Mais do É Pop

Menu