Grife de Luciano Huck se desculpa após camiseta polêmica

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Grife de Luciano Huck se retrata e se desculpa após ser acusada de apologia à pedofilia em camiseta infantil

Luciano Huck se envolveu em mais uma polêmica relacionada a sua grife de camisetas USE HUCK. Depois de ser chamado de ‘oportunista’ ao lançar uma camiseta com os dizeres ‘somos todos macacos’, na época em que o jogador de futebol Daniel Alves sofreu ataques de racismo, agora a loja do apresentador foi acusada de apologia à pedofilia.

O público se revoltou ao ver uma linha de camisetas infantis especiais de carnaval com a mensagem ‘Vem ni mim que eu tô facim’. Na foto do site da loja, uma criança aparece vestindo a roupa. O fato foi o assunto mais comentado do Twitter nessa terça (3). Absurdo, alguém compraria isso? Menina incentivada a ser vista como oferta? Vou denunciar!”, disse uma internauta.

Por meio de sua conta no Facebook e na página oficial, a USE HUCK se retratou e pediu desculpas pelo fato.

”Pessoal, Pedimos profundas desculpas sobre a camiseta Vem Ni Mim Que Tô Facim, e sentimos muito por todos que foram ofendidos pela imagem. Este comunicado não tem o objetivo de justificar o injustificável; mas apenas de explicar o motivo do erro, para que fique claro que não houve qualquer intenção maldosa.

Não nos eximimos do erro, nem de qualquer responsabilidade, mas é importante esclarecer que não houve a intenção de ofensa. É comum em e-commerce que as artes das estampas sejam aplicadas posteriormente sobre fotos dos modelos com camiseta branca, conforme o exemplo abaixo.

Por erro nosso, todas as artes de Carnaval (inclusive e infelizmente, esta arte) foram aplicadas sobre a coleção infantil e disponibilizadas no site sem a devida revisão. Assim que percebemos esse lamentável erro, imediatamente retiramos a imagem do ar e decidimos escrever essa carta para explicar tecnicamente o problema conjuntamente com um pedido de desculpa pela falta de bom-senso e pelo descuido.

Obviamente, não fosse o erro, nem a USEHUCK, nem qualquer outra marca, teria a intenção de usar uma imagem como essa para vender camisetas ou para qualquer outro fim”.

O apresentador, porém, preferiu não falar sobre o assunto.

Página do site USE HUCKFoto: Reprodução

Fonte: Conta Mais

Matéria anterior
Novo filme de Paulo Gustavo já é um dos mais esperados do ano
Próxima matéria
'Cinderela' e curta metragem de 'Frozen' juntos!

Mais do É Pop

Menu