Guilherme & Benuto são destaques em propaganda da Vivo

Guilherme & Benuto - Foto: Divulgação

Guilherme & Benuto – Foto: Divulgação

Não é apenas em cima do palco que Guilherme & Benuto, literalmente, dão um show de talento. Os irmãos tornaram-se garotos propaganda da mais recente campanha da empresa Vivo. O enorme aumento no consumo de lives de shows e vídeo chamadas – seja para trabalho ou para contato entre amigos – neste período de isolamento social, foi fonte de inspiração para a operadora em nova campanha que destaca a qualidade da sua banda larga.

Vivo comercial:

Com a musica “3 batidas”, Guilherme & Benuto protagonizam o primeiro filme – cada um em sua casa – cantando um dos seus maiores sucessos, quando são surpreendidos pela instabilidade de conexão da internet gerando assim o descompasso no ritmo da música. Ao final, a Vivo convida os clientes a trocarem a sua banda larga pela ultravelocidade de Vivo Fibra. A criação do filme é da agência África. O comercial terá veiculação em TV aberta e também digital.

No mês de maio, a dupla liberou, no Youtube, a canção “Cá entre nós”. Inédita e autoral, a faixa ganhou um vídeo, gravado no período de isolamento social, na casa dos dois irmãos. Com uma boa dose de sofrimento, a música fala da mistura de bebida, orgulho e carência. Além da dupla, Ruan Soares também assina a composição da faixa. A produção musical ficou a cargo de Ivan Miyazato. O clipe, em preto e branco, tem direção de Vinícius Calazans, e mostra Guilherme & Benuto interpretando a canção.

Cá entre nós:

Vale destacar também o DVD “Amando, Bebendo e Sofrendo”, o primeiro projeto da dupla, as faixas “Flor que se cheira”, “3 batidas”, “Declaração pro bar” que alcançaram números significativos nas rádios, plataformas digitais e redes sociais. “Flor que se cheira, ultrapassou a marca de 93 milhões de visualizações, no Youtube, enquanto que “3 batidas”, 91 milhões e “Declaração pro bar” 47 milhões.

O DVD, gravado em dezembro de 2018, em Goiânia/GO, traz participações como do cantor Jorge, que faz dupla com Mateus, e as duplas Israel & Rodolffo e Edson & Hudson. O DVD contou com a produção musical do renomado Ivan Miyazato, e a direção de vídeo de Ricardo Bikay, da Varanda Films. Com um repertorio de 17 músicas, totalmente inédito e autoral, o registro é o ponto de partida para escrever um novo capítulo em suas carreiras.

Guilherme & Benuto – Foto: Divulgação

GUILHERME & BENUTO

Gui e Nuto nasceram em Campinas, interior do Estado de São Paulo, e descobriram a música ainda crianças. Gui começou a tocar sanfona aos nove anos. Nuto, que é formado em música erudita e já fez parte de cinco orquestras sinfônica, descobriu a paixão pelo violino aos 11 anos. Incentivados pelo pai, Gui e Nuto começaram a tocar chorinho, forró, samba e música instrumental em botecos e bares.

Durante uma década de Villa Baggage, os irmãos participaram diretamente de todos os projetos gravados pelo trio, como o CD Abelha Sem Mel, o clipe da música “Abrindo o coração”, o DVD “Do Nosso Jeito” – totalmente autoral – além do clipe da última música de trabalho, “Pijama de ursinho”. Vale destacar também as faixas de sucesso: “Localização” que contou com a participação de Maiara & Maraisa, “Chorando na calçada”, e “Abelha sem mel”, com a participação de Henrique & Juliano.

Como renomados compositores do meio sertanejo, eles escreveram sucessos que foram interpretados por grandes artistas: “Pergunta boba” (Jorge & Mateus), “Mel e limão” e “Arco íris preto e branco” (Jads & Jadson), “Com você” (Felipe Araújo), “Musa da praia” (Lucas Lucco), “Foi no bar perdeu o lugar” (Thaeme & Thiago), “Avisei na portaria”, “Joga água na língua” e “Pensa bem” (Israel & Rodolffo), “Muito prazer e procura-se” (João Neto & Frederico), “Orgulho trouxa” e “Até Deus dúvida” (Guilherme & Santiago), “Mel e limão” (Loubet), “Varanda por janela” (Kleo Dibah) e “Traição à queima roupa” (Cristiano Araújo), entre outras.

Para ouvir suas músicas e conhecer um pouco mais de Guilherme & Benuto, acesse o site www.guilhermeebenuto.com.br.

Mais do É Pop

Nenhum resultado encontrado.

Menu