Modelo trans Fabíola Voguel revela seus planos pós-coronavirus

Ela conta que contou com o apoio de um crush nas noites de medo

Em tempos de quarentena, a modelo trans Fabíola Voguel tem ficado em casa. Ela confessa que ficou deprimida com tudo que está acontecendo e encontrou na leitura um apoio.

“Fiquei depressiva, sem apetite e sem expectativa. Estava bem assustada com o que estava por vir. Ai no meio dos dias comecei ler livros, assisti muito filme e seriados, estudei um pouco, coloquei novas metas a serem alcançadas”, disse a musa.

Ela relata que não está sozinha durante o distanciamento social.

“Tive o apoio de um crush nas noites de medo e de tristeza. Ele estava ao meu lado entre um um vinho um e um bom papo”, revela Fabíola, que tem novas metas de vida para depois que o surto acabar e está ansiosa para colocá-los em prática.

“Eu determinei novas metas para minha vida. Com fé em Deus, quando tudo voltar ao normal, tenho certeza que serei uma nova pessoa. Afinal, muitas coisas nos deixam mais fortes. Tenho certeza que o amor, o carinho e o afeto vão ser maior após tudo isso passar. Quero viajar, conhecer o mundo”.

Mais do É Pop

Nenhum resultado encontrado.

Menu