Revelação do samba, a cantora Branka lança o segundo álbum da trilogia “Flores Douradas”

image003Conhecida pela voz marcante e parceria com os mestres do samba carioca, a cantora e compositora Branka lançou hoje o EP digital “Flores Douradas – O Caule”. O álbum marca a entrada da cantora no cast da Universal Music e é o segundo trabalho da inacabada trilogia que começou com o disco de Samba “Flores Douradas – Raiz”, em 2015. Na nova fase, Branka homenageia os ritmos do nordeste com seis faixas, entre elas duas autorais: a suave “Horizonte” e o xote em parceria com Toninho Nascimento, “Rio Santo”. Completam o disco as canções “É D’Oxum” (Vevé Calazans / Geronimo da Bahia) , “Olhos de Graúna” (Roque Ferreira / Zé Katimba), “Senhor da verdade” (Leandro Fregonesi / Rafael dos Santos), “Bem que o mais velho falou” (Frad Camacho / Leandro Fab). Ouça ou baixe o e-álbum aqui: https://umusicbrazil.lnk.to/FloresDouradasPR. Curitibana radicada no Rio de Janeiro, Karyme Hass, que adotou o nome artístico de Branka no samba carioca, lançou seu primeiro disco de samba, “Barra da Saia”, em 2012, com participação de Zeca Pagodinho, e o trabalho foi indicado ao Grammy Latino na categoria Melhor Engenharia de Som, além de Melhor Álbum de Samba no Prêmio da Música Brasileira de 2013. O primeiro trabalho da trilogia “Flores Douradas” – A Raiz – foi lançado 2015 e teve participação de Arlindo Cruz em “Banho de Mar” e a bênção de Nei Lopes na inédita “Sinherê”. Ao ouvir o novo álbum de Branka, o cantor e compositor Moacyr Luz, outro mestre, atestou: “Branka tem alma musical!”. Saiba mais sobre a artista em https://www.facebook.com/oficialbranka

Ouça ou baixe aqui: https://umusicbrazil.lnk.to/FloresDouradasPR

Matéria anterior
Cantor americano Leon Russell morre aos 74 anos
Próxima matéria
Gêmeas e com apenas 14 anos, Júlia & Rafaela lançam primeiro EP e clipe do single “Na Mesma Moeda”

Mais do É Pop

Menu