Dados do IBGE revelam retrocesso empresarial no Brasil

Realidade econômica provoca aumento no número de empresários que optam pela recuperação judicial para evitar a falência

O IBGE acaba de divulgar a grave consequência da crise econômica que afeta o Brasil. De acordo com os dados da pesquisa, pela primeira vez, desde 2008, o número de empresas que fecharam as portas no país é superior à quantidade que começou a funcionar. Foram abertas 726.271 empresas e fechadas 943.958. O retrocesso empresarial representa 4,6% no total de empresas que pararam de atuar. Diante da instalação da recessão econômico-financeira, o Serasa Experian revela que mais de 55% dos empresários brasileiros têm recorrido à recuperação judicial como estratégia legal para evitar a falência de seus negócios, preservando assim, a sua função social e garantindo empregos.

A medida é considerada pelo renomado advogado paulistano Fernando de Luizi o melhor mecanismo para salvaguardar os negócios, mas, muitas vezes a estratégia jurídico – econômico e financeira ainda é desconhecida pelos empreendedores em suas relações com o mercado financeiro em momentos de crise.   As empresas em recuperação judicial podem recorrer à Justiça e negociar com os bancos credores a fim de parcelar seus débitos fiscais. Com essa estratégia, elas conseguem dividir suas dívidas em até 180 meses, prazo equivalente ao do Refis.

Fernando de Luizi, que possui escritório na Av. Paulista, é especializado em reestruturação empresarial e recuperação judicial. Segundo ele, além do desconhecimento sobre a existência deste mecanismo judicial para a reestruturação empresarial, outro grande problema é que, “mesmo com a necessidade real da busca pela recuperação judicial, é comum que os empresários, envergonhados com a situação financeira de seus negócios, adiem a abertura do processo de recuperação, o que pode ser letal”.

O especialista também atua em todo o país, dando palestras abordando as causas para os problemas de cada empreendimento e as principais soluções para a recuperação das empresas de pequeno, médio e grande porte.

Sugestão de entrevistado – Dr. Fernando de Luizi, advogado paulistano especialista em recuperação judicial e reestruturação empresarial.

Agendamento de entrevistas com a assessoria de imprensa nacional: Toques de Midas Comunicação Integrada.

Informações adicionais:

Sobre dr. Fernando de Luizi  Advogado paulista, com escritório na Avenida Paulista, atuante na área de reestruturação empresarial, com foco em Recuperação Judicial, sócio da Advocacia De Luizi, formado pelo Complexo Educacional FMU, pós-graduado pelo Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), ex-integrante da Comissão de Estudos de Recuperação Judicial e Falência da Ordem dos Advogados do Brasil/ Seção de São Paulo.

Sobre o Serasa Experian – Indicador líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. É a maior Autoridade Certificadora do Brasil, provendo todos os tipos de certificados digitais ICP-Brasil, tornando os negócios mais seguros, ágeis e rentáveis.

 

Créditos /Juci ribeiro

Matéria anterior
Troow Gestão & Franchise e Caipirinho Gourmet marcam presença na Feira de Franquias do Golden Shopping Calhau
Próxima matéria
Yudi e garoto propaganda do instituto Educar!! Ensino a Distância: uma maneira de capacitar pessoas a qualquer hora, em qualquer lugar!

Mais do É Pop

Menu