Seu 2019 valeu a pena? Avalie seu grau de otimismo e pessimismo

A psicóloga e coach preparou um teste para você avaliar o seu grau de otimismo e pessimismo

Por Rosangela Sampaio

Muitas pessoas aproveitam o fim de ano para fazer uma lista de objetivos para o próximo ano, mas encontram dificuldade em cumpri-los.

O primeiro ponto que precisamos prestar atenção é onde está o nosso foco e como estamos usando a nossa energia. Para começarmos a entender como podemos mudar o nosso comportamento, é preciso basear as nossas questões em dois pontos:

  • Problemas e limitações que precisam ser resolvidos e eliminados;
  • Sonhos e metas a serem conquistados.

Agora que você já sabe quais mudanças são importantes, a partir de agora é que seu sucesso está na capacidade de focalizar as coisas importantes. Então, trago uma pergunta poderosa: você está mantendo o foco nas coisas que, de fato, são importantes na sua vida?

Tenho uma notícia! A capacidade de manter o foco, até que a mudança aconteça, está ligada à sua maturidade emocional, e são doses diárias de realização em direção a uma grande meta, ações disciplinadas, sem cobranças excessivas e muito otimismo.

Ao construir uma forma mais positiva de pensar, você se torna mais confiante de que atingirá os resultados esperados e lida com as adversidades partindo do princípio de que você tem poder.

Conquistas não são uma simples questão de direção, metas e objetivos, mas sim de quem é você, qual a sua atitude e quanto você se dedica à sua excelência pessoal.

Formule melhor o que você deseja

Atente-se a estes dois exemplos de objetivo: “Quero perder peso em 2020” e “Quero perder 10 kg até junho de 2020 para viver com mais qualidade de vida”. Viu a diferença?

Para você colocar em prática o que planeja na virada, é necessário ter um objetivo bem formulado, que deve ser claramente definido, mensurável e realista.  Precisa ter relevância para a sua vida em um prazo estipulado. Para o psicólogo Edwin Locke, pioneiro na teoria de estabelecimento de metas, seu desempenho é muito mais direcionado ao formular objetivos que atendam a esses critérios.

Vamos testar o seu nível de otimismo para começar 2020 com o pé direito em direção às suas realizações?

O questionário a seguir eu desenvolvi para ajudar você a avaliar o seu nível de otimismo. Vamos lá!

  • Fico desestimulado facilmente.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • Fico deprimido mais do que gostaria.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • Eu fracasso mais do que deveria.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • Sempre visualizo o lado negativo das coisas.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • Sempre acredito que as coisas vão dar errado.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • Quando algo de bom acontece acredito que é pura sorte.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • As pessoas têm boas razões para não gostarem de mim e sempre querem puxar o meu tapete.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • Sou vítima das circunstâncias, não consigo mudar.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • Entra ano, sai ano e nada muda.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

  • Acredito em tudo ou nada, não existe meio termo.
  1. Verdadeiro
  2. Falso

 

Nenhuma resposta “A”: não é uma pessoa pessimista.

De 1 a 3 respostas “A”: exibe um ou outro comportamento pessimista. Você precisa avaliar, checar hábitos e atitudes que podem gerar comportamentos pessimistas.

De 4 a 6 respostas “A”: possui uma boa parte de comportamentos pessimistas. Se a sensação angustiante se manifestar com frequência, cogite procurar um acompanhamento.

De 7 a 10 respostas “A”: apresenta a maioria dos comportamentos pessimistas. Você cultiva hábitos prejudiciais para o seu desempenho. Está na hora de buscar auxílio profissional.

Rosangela Sampaio é psicóloga (CRP06/130574), coach, palestrante e escritora. Atende de forma presencial e online. Saiba mais em @rosangelasampaiooficial

Mais do É Pop

Nenhum resultado encontrado.

Menu